2 anos sem viajar e bate aquela vontade de fazer algo diferente, porque ninguém aguenta mais fugir para a cachoeira mais próxima (piada de brasiliense). Ideia: vamos fazer um Cruzeiro! Divide no cartão sem juros, navega apenas pela costa brasileira e, assim, diminui o risco de contágio. Ótimo, só que o navio “vem de fora” e tripulado por pessoas do…

Ah como tenho visto: iniciadas as batalhas dos divórcios (sim, são muitas numa guerra), os cônjuges beligerantes costumam utilizar as armas que estiverem sob o seu domínio, por exemplo, a asfixia financeira do (a) outro (a) que dele (a) dependa ou a guarda da criança como instrumento de barganha alimentar ou patrimonial. É triste, mas é assim em algumas situações.…

Pensou em voltar ao estacionamento após a chuva e ver essa cena? Primeiro, o alívio por não estar dentro do carro e, na sequência, a indagação: quem vai pagar o prejuízo? Tratando-se área pública, logo pensamos no Estado, entretanto, não é tão simples assim. Explico: Em regra, a responsabilidade civil do Estado é objetiva, hipótese em que se dispensa a…

Pensou em voltar ao estacionamento após a chuva e ver essa cena? Primeiro, o alívio por não estar dentro do carro e, na sequência, a indagação: quem vai pagar o prejuízo? Tratando-se área pública, logo pensamos no Estado, entretanto, não é tão simples assim. Explico: Em regra, a responsabilidade civil do Estado é objetiva, hipótese em que se dispensa a…